Viagens sem bagagem de mão é tendência entre viajantes transatlânticos


Imagem relacionada

A competição entre as low costs e aéreas tradicionais tem se tornado cada vez mais acirrada desde o ano passado, principalmente no quesito rotas transatlânticas.

Resultado de imagem para Hand Baggage

As companhias de baixo custo, dedicadas a oferecer o mesmo serviço das demais aéreas, mas ao menor preço possível, tem o costume de oferecer em seus voos internacionais a categoria Hand Baggage Only (HBO, ou apenas "bagagens de mão" em português), opção que possibilita a quem não deseja despachar bagagens e ter acesso a um bilhete aéreo mais vantajoso.

Resultado de imagem para escala aviação

De olho nisso, companhias mais tradicionais que tem perdido clientes neste cenário se movem para bater de frente com as low costs: Alitalia, Air France-KLM, Aer Lingus, Tap, Scandinavian e Lufthansa já aderiram às tarifas HBO, time de aéreas que deve ganhar, em dois meses, a Delta Air Lines como reforço de peso neste sentido - a aérea estadunidense opera em joint venture com Air France-KLM e Alitalia, e, com a adesão, está se alinhando ao serviço oferecido por ambas.

Resultado de imagem para aéreas europeias

A categoria econômica básica da Delta, mais barata e que não inclui bagagens despachadas, estará disponível em uma série de rotas que ligam a Europa aos EUA a partir de 10 de abril.

Resultado de imagem para aéreas europeias

Caso o cliente deseje despachar bagagens, a melhor opção é pagar um pouco mais pela tarifa econômica; caso opte pela tarifa HBO, o despacho de uma peça sairá ao custo de US$ 60, com a segunda custando US$ 100 adicionais.