Brasil ganha 25 novas frequências com os Estados Unidos

Resultado de imagem para estados unidos

O reaquecimento da economia brasileira passa pela atração do mercado internacional. E, pelo que mostram as movimentações das companhias aéreas, essa deve ser a toada para os próximos meses. Uma análise dos bancos de dados da Anac feita pela Embratur mostra que só com os Estados Unidos o Brasil ganhará 25 novas frequências este ano.

São Paulo, Rio de Janeiro e Recife são as cidades que devem receber os voos, que virão de Orlando, Dallas e Nova York. Serão sete novas rotas, datadas para iniciar em maio (com duração até dezembro de 2017), operadas por Latam, Avianca, Azul, American Airlines e Delta.

Resultado de imagem para estados unidos

A atração de novos voos vem de encontro com medidas para o estímulo da vinda de norte-americanos ao Brasil, como a utilização de visto eletrônico para a entrada no País (além de Estados Unidos, terão a facilidade visitantes do Canadá, da Austrália e do Japão).

Resultado de imagem para companhias aereas brasil

O presidente da Embratur, Vinicius Lummertz, afirma que "todos esses fatores incentivam a vinda desses visitantes ao Brasil. Queremos que o turista estrangeiro tenha cada vez mais meios e caminhos para chegar ao nosso País e também que o Turismo represente o desenvolvimento do País".