Participação da Infraero em 5 aeroportos será vendida

Guarulhos está entre os aeroportos cuja participação da Infraero será vendida

O ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella, afirmou ontem que o governo vai vender a participação da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) nas concessões dos aeroportos de Brasília, Guarulhos (SP), Viracopos (Campinas-SP), Confins (MG) e Galeão (RJ).

Resultado de imagem para aeroportos de Brasília
Aeroporto de Brasília

“A tendência é a dissolução do capital. Só não definimos ainda o momento”, afirmou Quintella. “Essa é uma decisão tomada. A Infraero deverá ter seu capital dissolvido nos aeroportos”, acrescentou.

Resultado de imagem para aeroportos de viracopos
Aeroporto Viracopos - Campinas 

Ainda de acordo com o ministro, a saída dos negócios vai depender, entre outros fatores, das condições de mercado. “O governo vai avaliar o que é melhor do ponto de vista arrecadatório”, explicou. A decisão, segundo ele, terá de ser tomada até dezembro, quando termina o prazo para o recolhimento da taxa de outorga da concessão.

Resultado de imagem para aeroportos de confins
Aeroporto de Confins - Minas Gerais

“Vamos ter que definir isso até o final do ano, prazo para o pagamento de outorga”, disse. “No momento do pagamento do exercício fiscal, o governo terá uma posição definida”, concluiu.

Resultado de imagem para aeroportos de galeao
Aeroporto Galeão - Rio de Janeiro

Com a atualização do pacote de Michel Temer e seus aliados, a intenção do governo é deixar a operação de aeroportos de médio porte com a Infraero. Os terminais de grande porte serão entregues à iniciativa privada e os pequenos seriam repassados às respectivas prefeituras que, por sua vez, podem leiloar ao setor privado.