Voo doméstico caiu 7,2% em março


A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) divulgou hoje (2/5) o Relatório de Demanda e Oferta do Transporte Aéreo, elaborado com base nas operações das empresas brasileiras. O estudo mostra queda de 7,2% na demanda (em passageiros-quilômetros pagos transportados – RPK) em março de 2016, comparada com o mesmo mês de 2015, apresentando o oitavo mês consecutivo de queda. A oferta (em assentos-quilômetros oferecidos – ASK) teve redução de 7,4%, no mesmo período, apresentando a sétima redução sucessiva.


Entre as principais empresas aéreas brasileiras, segundo o documento, apenas a Avianca apresentou crescimento na demanda doméstica em março de 2016, da ordem de 13,5%, comparada ao mesmo mês de 2015. GOL, TAM e Azul registram retração de 11,5%, 9% e 7,2%, respectivamente. TAM e GOL lideraram o mercado doméstico em março de 2016, com participações (em RPK) de 36,8% e 32,6%, respectivamente. A TAM registrou queda de 2% em sua participação de mercado, enquanto a GOL teve redução de 4,7% neste indicador. A participação das demais empresas somadas foi de 30,6%, o que representou aumento de 8,26% em relação a março de 2015.