Novo governo realiza repasse e radares voltam a funcionar

A Força Aérea Brasileira comunicou que reativou no último sábado (7) cinco estações de radares meteorológicos que havia desligado no último dia 28 de abril devido a “restrições orçamentárias”

Segundo a FAB, o governo federal repassou um aporte financeiro para que os radares localizados em Santa Teresa (ES), São Roque (SP), Três Marias (MG), Pico do Couto (RJ) e Gama (DF) pudessem voltar a funcionar.

A manutenção de cada radar custa, aproximadamente, R$ 100 mil por mês. Parte desse valor é destinado para o pagamento do consumo de energia elétrica que oscila entre 10 mil Kwh e 13 mil Kwh mensalmente.
Esses equipamentos são usados para detectar e processar imagens de nuvens e fenômenos como chuva, neve e granizo, além de prever intensidade e posições futuras. Ao todo, 23 radares meteorológicos fazem parte do Sistema de Controle do Espaço Aéreo Brasileiro (Sisceab).