Aviação segue em queda no mês de março


O fluxo de passageiros do transporte aéreo no Brasil registrou queda de 7,3% em março, se comparado a igual período do ano passado. A oferta de assentos nos aviões retraiu em 7,5% na mesma base de comparação. Com isso, a taxa média de ocupação dos aviões ficou em 77,6%, um crescimento de 0,2 ponto percentual.

Os dados fazem parte do último levantamento da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear). A entidade também afirmou que no mês passado foram transportados 7,2 milhões de passageiros, uma diminuição de 6,6% em relação a março de 2015.

PRIMEIRO TRIMESTRE

De janeiro a março, foram transportadas 23,2 milhões de pessoas dentro do país, uma queda de 4,3% ante o mesmo intervalo de 2015. A demanda por voos domésticos acumulou recuo de 4,8% nesses primeiros três meses, trimestre, com retração de 3,7% na oferta. Já a taxa média de aproveitamento dos aviões permaneceu em 79,9%.


Já no mercado internacional, a demanda entre as companhias aéreas brasileiras chegou a cair 0,7%. A oferta também teve resultado negativo (- 3,5%), na comparação trimestral. Enquanto isso, a taxa média de ocupação das aeronaves teve aumento de 2,2 pontos percentuais ao se manter em 78,37%.