Chegada da Azul na Europa tem data certa


Azul passará a voar para Lisboa em 22 de junho partindo de Viracopos, seu hub principal. Serão três frequências semanais saindo do Brasil às quartas, sextas e domingo – o retorno se dará nas segundas, quintas e sábado, todas elas operadas com o Airbus A330.


A escolha de Lisboa não é acidental. Além de ser um dos principais destinos de brasileiros, o aeroporto da capital portuguesa é justamente o hub da TAP, que desde esta semana tem como sócia justamente a Azul – a empresa brasileira comprou 40% das ações da TAP e seu fundador, David Neeleman, faz parte do grupo que adquiriu a companhia do governo português.
A sinergia entre as duas companhias aéreas deve crescer daqui em diante. Comenta-se, inclusive, que parte da frota de aviões da Azul será repassada para a TAP nos próximos meses para otimizar seu uso já que a demanda no Brasil está menor com a crise.
De olho nas conexões
Com a nova rota para Lisboa, os passageiros da Azul poderão chegar a vários destinos na Europa por meio de conexões com voos da TAP. A companhia portuguesa faz o mesmo com a suas três frequências com destino a Viracopos, mas aproveitando a malha de voos nacionais da Azul.
-
Azul nos EUA
A Azul e a JetBlue Airways vão dar início a um acordo de codeshare que permitirá melhores conexões entre o Brasil, Estados Unidos e Caribe.
Nesta nova parceria, a Azul inclui o seu código de operações em diversos voos da JetBlue a partir de Fort Lauderdale/Miami e Orlando. O acordo está ainda a ser analisado pelo Departamento de Transportes dos Estados Unidos e pela Agência Nacional de Aviação Civil no Brasil e a comercialização de passagens vai estar disponível assim que os órgãos reguladores aprovarem a solicitação das empresas.
Esta parceria vai garantir um serviço unificado de reservas e emissão de bilhetes, o que inclui, entre outras vantagens, cartão de embarque e despacho de bagagem até ao destino final.