Aviões que chegam ao Santos Dumont farão nova rota

Aviação , A nova rota de chegada dos aviões ao aeroporto Santos Dumont (fonte: Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República).

Já está sendo testado um novo trajeto para as aeronaves que chegam ao aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro. A alteração visa reduzir o nível de ruído aeronáutico nos bairros de Laranjeiras, Santa Tereza, Botafogo, Flamengo, Cosme Velho e Urca, que afeta até 230 mil pessoas.

A nova rota está em teste desde o último dia 7 de janeiro, mas apenas para os voos realizados entre 6h e 7h, horário com maior nível de ruído aeronáutico por causa da pouca movimentação e do barulho natural da cidade.

“Assim que as companhias aéreas tiverem adaptado seus pilotos à nova rota, ela deverá ser estendida a outros horários, incluindo os noturnos”, informa o comunicado da Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República. 

Antes da ampliação, no entanto, a nova rota ainda será estudada por um Grupo de Trabalho criado e coordenado pela Secretaria especialmente para isso. Participam do GT também a Agência Nacional da Aviação Civil (Anac), Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea) e Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear).

O PERCURSO
Realizada pelo setor sul do aeroporto em sua fase final, a nova rota sobrevoa áreas menos habitadas e o mar. O percurso foi escolhido após análise comparativa de outras cinco propostas, em seguimento ao Relatório sobre o Ruído Aeronáutico do Aeroporto Santos Dumont, trabalho inédito que recomendou soluções operacionais para mitigar os impactos causados pelo ruído aeronáutico à população local e continuar preservando a capacidade de operação do aeroporto.

“A intenção é expandir estudos desse porte para outros aeroportos que apresentem problemas semelhantes”, afirma o ministro da Aviação, Guilherme Ramalho.