Cogitado a assumir outra pasta, Padilha diz preferir os aviões

Carolina Bahia: Eliseu Padilha prefere permanecer à frente da Aviação Civil Fernando Gomes/Agencia RBS
Convidado pela presidente Dilma para assumir a Secretaria de Relações Institucionais, o ministro Eliseu Padilha preferiu permanecer à frente da Aviação Civil. Pelo menos, por enquanto:
— Sou o homem dos aviões — afirmou nesta segunda-feira à noite, depois de uma longa reunião com lideranças do PMDB.
Sondado outras vezes para assumir a função de articulador político, Padilha sempre argumentou que poderia desenvolver melhor o trabalho — até mesmo de articulador —  à frente de uma pasta com projetos e contato com Estados, como a Secretaria da Aviação. O PMDB, no entanto, terá outro nome para a função.
Colocar um peemedebista nesta pasta é uma ideia do ex-presidente Lula. Assim, ele acredita que fortalece a presença do partido no governo e as relações com o Congresso. Neste caso, o foco é o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (RJ). Dilma vinha resistindo. Ela confia no atual ministro, Pepe Vargas (PT-RS).  Mas ele e Cunha não se entendem. Petistas estavam surpresos com toda movimentação. Enquanto isso, o PMDB analisava uma alternativa.