Polícia passa a usar helicópteros em operações noturnas


A Segurança Pública do Paraná conta, desde sexta-feira (20), com um novo aliado no combate à criminalidade: as operações aéreas policiais serão mais frequentes no período noturno. 

Para garantir a ação, foi assinado um termo de compromisso entre o Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA) e o Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (Cindacta II), que é responsável pelo controle da movimentação aérea no Sul e parte do Sudeste do País. A assinatura foi no Cindacta, no bairro Bacacheri, em Curitiba. 
Divulgação/Polícia Militar
Divulgação/Polícia Militar


A ação ocorrerá, inicialmente, em Curitiba. Para voar, os helicópteros do Governo do Estado precisam de autorização prévia do Cindacta. 




O documento assinado nesta sexta-feira regulamenta o procedimento, ao autorizar e priorizar voos noturnos das aeronaves do BPMOA para atendimento a ocorrências e operações policiais de patrulhamento, resgate e transporte. A autorização válida até agora era somente para o período diurno. 

Na manhã desta segunda-feira (23), o BPMOA divulgou um vídeo pelo Twitter que mostra a operação do Bope que localizou um suspeito em Colombo, Região Metropolitana de Curitiba, com auxílio do equipamento infravermelho. O elemento estava escondido no matagal após alvejar um policial militar durante assalto. 

Fonte: Bonde