Gol tem baixa demanda no mês de novembro


Em novembro, a Gol teve queda de 19,4% no volume de voos e 19% no total de assentos disponibilizados ao mercado. Segundo números prévios, o acumulado do ano totaliza uma queda em decolagens e de assentos ofertados de 17% e 16,7%, respectivamente.

A oferta no doméstico teve queda de 4,9% em novembro, comparada com o mesmo período de 2015. De janeiro a novembro, a capacidade recuou 5,4% em relação aos primeiros 11 meses deste ano.

Resultado de imagem para gol linhas aéreas interior

A demanda nacional apresentou leve alta de 0,7% no mês e, com isso, a taxa de ocupação calculou 78% dos lugares disponíveis. No acumulado de 2016, porém, a diminuição foi de 5,7% no doméstico e 77,8% dos assentos foram preenchidos.

No internacional, o cenário é mais insatisfatório ainda. A oferta caiu 17% e, por sua vez, a demanda seguiu o mesmo ritmo, com 9,9% de baixa. Com isso, a ocupação em novembro chegou a 75,9%.

Resultado de imagem para gol linhas aéreas interior

Na soma de todo o ano, a oferta reduziu 17,6% e a demanda recuou 14,2%, registrando uma taxa de ocupação de 74,6%.