Plano de Aviação Regional depende da liberação de R$ 50 milhões


O ministro da Aviação Civil, Eliseu Padilha, afirmou nesta terça-feira (22) que os recursos para que o Programa de Aviação Regional saia do papel estão sendo negociados com o Ministério da Fazenda. Segundo ele, para iniciar os trabalhos é necessário conseguir a liberação de R$ 50 milhões, que serão destinados à construção e reforma de 30 aeroportos na região da Amazônia Legal.


Em audiência pública no Senado sobre o mercado de aviação civil e a oferta de voos para a região Norte do país, o ministro pediu a ajuda dos parlamentares na busca pelos recursos junto ao Ministério da Fazenda. Com a verba, seria possível lançar os primeiros editais de licitação ainda este ano. 


Anunciado em 2012, o Programa de Aviação Regional pretendia investir em um primeiro momento R$ 7,3 bilhões em aeroportos de pequeno e médio porte. A promessa era aplicar os recursos na construção, reforma e expansão de 270 aeroportos, mas até agora o projeto ainda não deslanchou.


Em resposta à descrença dos senadores sobre a liberação, Padilha disse que o debate com a área econômica do governo “não é insuperável”. Ele citou como exemplo a vitória na queda de braço com a Fazenda que resultou na liberação de R$ 500 milhões em emendas parlamentares, no mês passado.

Fonte: Globo.com