United revela interesse em comprar mais aviões da Embraer

A United Airlines quer mais aeronaves regionais da Embraer (Foto: Lord of the Wings/Flickr Commons/https://flic.kr/p/opXzz4)A United Airlines quer mais aeronaves regionais da Embraer (Foto: Lord of the Wings/Flickr Commons/https://flic.kr/p/opXzz4)
United Airlines estuda a aquisição de E-Jets da Embraer como parte do planejamento da empresa de diminuir a frota de aeronaves para 50 passageiros. Os alvos são os E175 e os modelos de segunda geração, os E190-E2 e E195-2.
A companhia aérea deve tirar da frota até 130 aviões ERJ-145 e CRJ200 até o fim do ano e pretende atingir o número de 82 E175, dentro das encomendas já feitas. Só que a empresa quer mais.
A principal questão que ‘força’ a United a adquirir aeronaves E190-E2 e E195-E2, ou mesmo E190 usados, é um artigo no contrato com os pilotos. Para adquirir novos aviões na faixa de 70 a 76 assentos (E175), a empresa teria que comprar outros maiores.
“Há esse interesse porque no acordo com os pilotos temos a cláusula que permite que a cada cinco E190 que comprarmos, ou E2s se for o caso, poderemos adquirir mais quatro E175″, revelou o gerente financeiro da United, John Rainey, ao site Flightglobal.